Surfistas engajados por justiça socioambiental

Ecosurfi representa a comunidade do surfe em Brasilia

Ecosurfi representa a comunidade do surfe em Brasilia Ecosurfi representa a comunidade do surfe em Brasilia

Noite do Surfe pelo Social em Itanhaém

Encontro tem como proposta reunir a comunidade do surfe

Encontro tem como proposta reunir a comunidade do surfe Encontro tem como proposta reunir a comunidade do surfe

Projeto faz diagnóstico de áreas potenciais para Ecoturismo

Levantamento aponta atrativos em Itanhaém/SP

Projeto faz diagnóstico de áreas potenciais para Ecoturismo Projeto faz diagnóstico de áreas potenciais para Ecoturismo

Ecosurfi encoraja surfistas a discutir Gestão Costeira

Comunidade do surfe cobra mais atenção com as praias

Comunidade do surfe cobra mais atenção com as praias Comunidade do surfe cobra mais atenção com as praias

Profissionais da Escola Ecosurfi passam por “reciclagem”

Curso de Formação e Atualização de Instrutores de Surfe

Curso de Formação e Atualização de Instrutores de Surfe Curso de Formação e Atualização de Instrutores de Surfe

Semana do Meio Ambiente debate surfe e sustentabilidade

O seminário vai debater o engajamento dos surfistas

O seminário vai debater o engajamento dos surfistas O seminário vai debater o engajamento dos surfistas

Ecosurfi “dropa” no Ibirapuera

Projetos que defendem a biodiversidade foram expostos

Projetos que defendem a biodiversidade foram expostos Projetos que defendem a biodiversidade foram expostos

Programa de voluntariado da Ecosurfi

Visa criar uma rede para o engajamento público

Visa criar uma rede para o engajamento público Visa criar uma rede para o engajamento público

Instrutores da Escola Ecosurfi recebem treinamento

O objetivo do projeto é ensinar técnicas para resgates no mar

Instrutores da Escola Ecosurfi recebem treinamento do Salva Surfe Instrutores da Escola Ecosurfi recebem treinamento do Salva Surfe

“Onde o mar encontra as pessoas” será lançado na Ecosurfi

Documentário traz o panorama das relações humanas com o mar

“Onde o mar encontra as pessoas” será lançado na Ecosurfi “Onde o mar encontra as pessoas” será lançado na Ecosurfi

Vitória contra o projeto Porto Brasil

Terra Indígena é demarcada e restingas são protegidas

Terra Indígena é demarcada e restingas são protegidas Terra Indígena é demarcada e restingas são protegidas

Viva Mata 2011 vai debater surfe e gestão costeira

Debate tem como foco discutir as zonas costeiras

Debate tem como foco discutir as zonas costeiras Debate tem como foco discutir as zonas costeiras

Ecosurfi atua na criação de área protegida em SP

Decreto oficializa a criação do mosaico de UC,s

Ecosurfi atua na criação de área protegida em SP

Ecosurfi “dropa” no Ibirapuera


Foto: Lucas Conejero

Durante a realização do Viva Mata 2011 na capital paulista, evento organizado pela fundação SOS Mata Atlântica no Parque do Ibirapuera, a Ecosurfi teve a oportunidade de debater o protagonismo dos surfistas no cuidado com as zonas costeiras.

Nos três dias de atividades a organização mostrou seus projetos e campanhas no espaço temático “Costa Atlântica”, que trouxe projetos e iniciativas ligadas à conservação e defesa da biodiversidade da costa da Mata Atlântica, o qual recebeu a visita de milhares de pessoas nas exposições, palestras e oficinas nessa edição Viva Mata.

Na manhã de sábado (21/05), houve a Roda de Conversas - Surf, sustentabilidade e gestão costeira, que foi proposta pela Ecosurfi e contou com a participação dos surfistas convidados, Alemão de Maresias, que é especialista em ondas grandes, Túlio Brandão, colunista do portal Waves e editor do Blog Surf Deluxe, Daniel Aranha, engenheiro de materiais, que desenvolveu a prancha ecológica (E-boards), João Malavolta, dirigente da Ecosurfi, o Biólogo Fábio Motta, coordenador do programa Costa Atlântica da Fundação SOS Mata Atlântica e o artista plástico Erick Wilson, que retrata em suas obras o surf e a vida marinha.

Roda de conversa sobre surfe, sustentabilidade e gestão costeira

O debate permitiu falar sobre cultura surfe e consumo, protagonismo dos surfistas na proteção do meio ambiente e como o mercado capitalista do esporte atua em detrimento dos atletas e profissionais que trabalham com surfe de base (escolas de surfe).

De acordo com João Malavolta o surfe movimenta bilhões de reais no Brasil e os recursos quase nunca voltam em investimentos para formar atletas, patrocinar seriamente eventos e proteger as zonas costeiras.

“Estamos vivenciando uma apropriação da historia e cultura surfe pelo mercado e as empresas ganhando muito dinheiro e devolvendo pouco ou quase nada para o esporte e meio ambiente. Existem apenas campanhas de marketing muito bem elaboradas para criar a falsa impressão que as empresas que trabalham com o surfe são verdadeiras corporações “responsáveis” no trato com o esporte”.

“Como estão invadindo as nossas praias?”

Outra atividade com a participação da Ecosurfi foi o debate, “Quem está invadindo a nossa praia?”, que teve como focalizadores o gestor de projetos da Ecosurfi Bruno Pinheiro, a advogada Erika Bechara, que é professora de direito ambiental dos cursos de graduação e de pós-graduação da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) e a bióloga Karla Cristiane Pinto, especialista com mestrado na área de saúde ambiental, destacará os impactos antrópicos que comprometem a saúdes das praias.

Durante as apresentações os contextos jurídicos, biológicos e socioambientais foram expostos para o público no panorama: “Como estão invadindo as nossas praias?”.

Debate "Quem esta invadindo a nossa praia

Bruno Pinheiro abordou em sua explanação o conceito de proteção das Zonas Costeiras na perspectiva das Bacias Hidrográficas.

“Todos os rios correm para o mar, e atualmente vemos o déficit que as cidades brasileiras possuem em saneamento ambiental e isso fatalmente atinge todo o sistema costeiro, prejudicando 60% da população brasileira que reside há menos de 100 km da costa, além de comprometer a saúde das praias e oceanos”.

Manifestação contra o novo Código Florestal

Mobilização SOS Florestas marcou último dia do Viva a Mata no Ibirapuera
Mais de mil pessoas lotaram a praça em frente ao Monumento às Bandeiras, para protestar contra as alterações no Código Florestal no sábado (22).

O evento reuniu artistas, políticos como à ex-senadora Marina Silva e os deputados federais Ricardo Tripoli, Paulinho Teixeira e Ivan Valente, o MST e ONGs como a Ecosurfi, Greenpeace, WWF e a SOS Mata Atlântica. A mobilização foi feita para expor opiniões contra as modificações no Código Florestal propostas pelo deputado Aldo Rebelo (PCdoB/SP).







A participação da Ecosurfi no Viva Mata 2011 teve o apoio da



0 comentários:

Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget

Destaques

Ocorreu um erro neste gadget

  © Ecosurfi Desenvolvimento por Comunicação Ecosurfi Século XXI

Back to TOP