Surfistas engajados por justiça socioambiental

Ecosurfi representa a comunidade do surfe em Brasilia

Ecosurfi representa a comunidade do surfe em Brasilia Ecosurfi representa a comunidade do surfe em Brasilia

Noite do Surfe pelo Social em Itanhaém

Encontro tem como proposta reunir a comunidade do surfe

Encontro tem como proposta reunir a comunidade do surfe Encontro tem como proposta reunir a comunidade do surfe

Projeto faz diagnóstico de áreas potenciais para Ecoturismo

Levantamento aponta atrativos em Itanhaém/SP

Projeto faz diagnóstico de áreas potenciais para Ecoturismo Projeto faz diagnóstico de áreas potenciais para Ecoturismo

Ecosurfi encoraja surfistas a discutir Gestão Costeira

Comunidade do surfe cobra mais atenção com as praias

Comunidade do surfe cobra mais atenção com as praias Comunidade do surfe cobra mais atenção com as praias

Profissionais da Escola Ecosurfi passam por “reciclagem”

Curso de Formação e Atualização de Instrutores de Surfe

Curso de Formação e Atualização de Instrutores de Surfe Curso de Formação e Atualização de Instrutores de Surfe

Semana do Meio Ambiente debate surfe e sustentabilidade

O seminário vai debater o engajamento dos surfistas

O seminário vai debater o engajamento dos surfistas O seminário vai debater o engajamento dos surfistas

Ecosurfi “dropa” no Ibirapuera

Projetos que defendem a biodiversidade foram expostos

Projetos que defendem a biodiversidade foram expostos Projetos que defendem a biodiversidade foram expostos

Programa de voluntariado da Ecosurfi

Visa criar uma rede para o engajamento público

Visa criar uma rede para o engajamento público Visa criar uma rede para o engajamento público

Instrutores da Escola Ecosurfi recebem treinamento

O objetivo do projeto é ensinar técnicas para resgates no mar

Instrutores da Escola Ecosurfi recebem treinamento do Salva Surfe Instrutores da Escola Ecosurfi recebem treinamento do Salva Surfe

“Onde o mar encontra as pessoas” será lançado na Ecosurfi

Documentário traz o panorama das relações humanas com o mar

“Onde o mar encontra as pessoas” será lançado na Ecosurfi “Onde o mar encontra as pessoas” será lançado na Ecosurfi

Vitória contra o projeto Porto Brasil

Terra Indígena é demarcada e restingas são protegidas

Terra Indígena é demarcada e restingas são protegidas Terra Indígena é demarcada e restingas são protegidas

Viva Mata 2011 vai debater surfe e gestão costeira

Debate tem como foco discutir as zonas costeiras

Debate tem como foco discutir as zonas costeiras Debate tem como foco discutir as zonas costeiras

Ecosurfi atua na criação de área protegida em SP

Decreto oficializa a criação do mosaico de UC,s

Ecosurfi atua na criação de área protegida em SP

Juventude e Experiência

A 4º rodada dos Diálogos Socioambientais da campanha “Meu Voto Preserva” vem despertando a atenção dos jovens da cidade de Itanhaém quando o assunto é a política municipal.

Com a participação efetiva da comunidade para dialogar sobre os assuntos que fazem parte do cotidiano da população, e com a adesão dos principais expoentes políticos da cidade, a cada reunião da campanha o sentido pleno do senso de como é e a maneira correta de tomar parte dos processos democráticos, vem renovando ideologias e formando pontos de vistas dos participantes dos Diálogos Socioambientais da Ecosurfi.

Pelo fim do voto secreto




Hugo Di Lallo está entre os candidatos mais jovens a tentar ser eleito no próximo dia 05 de outubro a uma cadeira na Câmara Municipal de Itanhaém. Com seus 28 anos e com uma experiência de pelo menos 04 anos como assessor do atual vereador e candidato do mesmo partido a prefeito pelo PSB Marcelo Strama, Di Lallo se sente preparado para ocupar um lugar como legislador municipal nos próximos anos.

“Meu projeto é estar vereador no ano que vem para propor melhorias no que já está pronto, corrigir falhas e avançar para uma política mais transparente na cidade’”. Além de enfatizar que existe um conchavo político na cidade durante sua fala, o postulante acredita que a câmara municipal hoje esta viciada. “Com toda certeza temos que ter no mínimo boa vontade para fazer as coisas caminharem, para ao menos satisfazer parte das necessidades da nossa população, e hoje isso por lá não existe”.

Para concluir a sua participação Di Lallo defende que para a cidade se desenvolver economicamente o comércio deve ser mais incentivado. “Estruturar um melhor planejamento para o comerciante local buscando capacitar à mão de obra e qualificar constantemente os empregadores’, conclui o candidato”.

Humor com política séria



Provavelmente deve ter sido a reunião mais bem humorada dos Diálogos Socioambientais da campanha “Meu Voto Preserva”, onde o candidato do PSDB, Bezerra do Judô, conversou de forma descontraída e com um alto tom de humor.

Contando com essa são cinco tentativas a uma cadeira na Câmara Municipal e cerca de 2 anos e 8 meses como suplente no montante geral de tempo que teve a oportunidade de ocupar a vaga de outros vereadores na qualidade de substituto. Em 2005 teve a chance de ficar 6 meses como vereador e de maneira descontraída afirma: “Suplente de vereador é que nem amante, só fica sabendo depois”, declara se referindo a atual vereança itanhaense. “Quando ganham à eleição eles não saem do pé do prefeito pedindo coisas”, ressalta Bezerra que tem 27 anos de vida pública no município.

Se auto-reconhecendo não ser um estudioso das questões sobre a área ambiental, mas garantindo que sempre que acionado estará de pronto apoio para encaminhar reivindicações, o atual suplente reforça, “Posso representar muitos projetos que me encaminharem, e para isso sempre vou contar com apoio de técnicos dessa área”.

Entre seus desafios e trabalhos realizados, está quase uma vida inteira dedicada a arte marcial do Judô. Com um centro de treinamento que além de formar campeões forma cidadãos, Bezerra já passou muitas dificuldades, mas nunca abandonou seu trabalho pelo esporte. “Passei fome no Uruguai no último campeonato Sul Americano, mas a minha atleta trouxe a medalha de ouro”.

Um dos pontos de destaque da explanação foi quando falou sobre as associações de bairro. “Os bairros que possuem associações fortes são os melhores estruturados, já os que não possuem lideranças ficam com o básico”, e reforça dizendo, “quero que todos os bairros de Itanhaém se organizem para ajudar a mudar para melhor a cidade”.

Sobre o perfil dos políticos que hoje ocupam o legislativo da cidade, Bezerra ataca. “Eu estou saindo candidato porque vejo muita coisa errada e tenho convicção que posso mudar isso, porque, trabalho bom permanece e o ruim ou acaba ou é remodelado”.

E concluindo as suas 2 horas de diálogos o faixa preta de Judô explica como será a sua maneira de atender e trabalhar com o público. “O humilde senta e conversa e o engravatado marca o dia”.

1 comentários:

Anônimo,  quinta-feira, setembro 18, 2008  

Sem dúvida a mais bem humorada a vez do Bezerra do Judô! Muito bem registrado...
É isso ai Kbça...
Carol Peres

Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget

Destaques

Ocorreu um erro neste gadget

  © Ecosurfi Desenvolvimento por Comunicação Ecosurfi Século XXI

Back to TOP