Surfistas engajados por justiça socioambiental

Ecosurfi representa a comunidade do surfe em Brasilia

Ecosurfi representa a comunidade do surfe em Brasilia Ecosurfi representa a comunidade do surfe em Brasilia

Noite do Surfe pelo Social em Itanhaém

Encontro tem como proposta reunir a comunidade do surfe

Encontro tem como proposta reunir a comunidade do surfe Encontro tem como proposta reunir a comunidade do surfe

Projeto faz diagnóstico de áreas potenciais para Ecoturismo

Levantamento aponta atrativos em Itanhaém/SP

Projeto faz diagnóstico de áreas potenciais para Ecoturismo Projeto faz diagnóstico de áreas potenciais para Ecoturismo

Ecosurfi encoraja surfistas a discutir Gestão Costeira

Comunidade do surfe cobra mais atenção com as praias

Comunidade do surfe cobra mais atenção com as praias Comunidade do surfe cobra mais atenção com as praias

Profissionais da Escola Ecosurfi passam por “reciclagem”

Curso de Formação e Atualização de Instrutores de Surfe

Curso de Formação e Atualização de Instrutores de Surfe Curso de Formação e Atualização de Instrutores de Surfe

Semana do Meio Ambiente debate surfe e sustentabilidade

O seminário vai debater o engajamento dos surfistas

O seminário vai debater o engajamento dos surfistas O seminário vai debater o engajamento dos surfistas

Ecosurfi “dropa” no Ibirapuera

Projetos que defendem a biodiversidade foram expostos

Projetos que defendem a biodiversidade foram expostos Projetos que defendem a biodiversidade foram expostos

Programa de voluntariado da Ecosurfi

Visa criar uma rede para o engajamento público

Visa criar uma rede para o engajamento público Visa criar uma rede para o engajamento público

Instrutores da Escola Ecosurfi recebem treinamento

O objetivo do projeto é ensinar técnicas para resgates no mar

Instrutores da Escola Ecosurfi recebem treinamento do Salva Surfe Instrutores da Escola Ecosurfi recebem treinamento do Salva Surfe

“Onde o mar encontra as pessoas” será lançado na Ecosurfi

Documentário traz o panorama das relações humanas com o mar

“Onde o mar encontra as pessoas” será lançado na Ecosurfi “Onde o mar encontra as pessoas” será lançado na Ecosurfi

Vitória contra o projeto Porto Brasil

Terra Indígena é demarcada e restingas são protegidas

Terra Indígena é demarcada e restingas são protegidas Terra Indígena é demarcada e restingas são protegidas

Viva Mata 2011 vai debater surfe e gestão costeira

Debate tem como foco discutir as zonas costeiras

Debate tem como foco discutir as zonas costeiras Debate tem como foco discutir as zonas costeiras

Ecosurfi atua na criação de área protegida em SP

Decreto oficializa a criação do mosaico de UC,s

Ecosurfi atua na criação de área protegida em SP

Escola Ecosurfi lança Blog


Buscando permitir ao público o acompanhamento de todas as informações do projeto Escola Ecosurfi, está sendo lançado o Blog Escola Ecosurfi.

Nesse espaço virtual as pessoas poderão visualizar todo o trabalho político pedagógico da escola, além de entenderem a perspectiva de atuação do projeto na área socioambiental.

Na página os internautas vão conhecer a equipe de instrutores do projeto, horários e o plano de trabalho das aulas na praia, bem como, saber sobre as atividades transversais, que vão permitir aos surfistas um aprendizado sobre as questões climáticas e sociais, sob o olhar da sustentabilidade planetária.

Leia Mais ►
Read more...

Baixada Santista e os “Rios dos Nossos Bairros”


A água como centro das necessidades humanas já é uma realidade global. A gestão responsável dos recursos hídricos por todas as partes do planeta ainda é um desafio a ser superado.

Buscando entender a complexidade dessa questão no âmbito regional, a Ecosurfi criou o projeto Rio do Nosso Bairro – Escolas Cuidando da Água, que desde março está desenvolvendo ações em 36 escolas das 09 cidades que compreendem a Região Metropolitana da Baixada Santista.

Os eixos de atuação tidos como fio condutor do trabalho são: saneamento básico, gestão dos recursos hídricos, meio ambiente e saúde pública.

A projeto político pedagógico contido na proposta perpassa atividades formativas, avançando para oficinas de acompanhamento das ações dos educadores nas unidades de ensino, chegando até as salas de aula por meio de práticas educomunicativas.


Todo o trabalho desenvolvido pelos professores com os alunos já está permitindo a realização de mapeamentos socioambientais participativos, que estão sendo  sistematizados através de uma rede virtual de escolas cuidando das águas.

Papo e prosa

Nesse próximo final de semana (28/08) o projeto retoma a sua fase de formações do segundo semestre e o trabalho volta a cidade de Santos.

A oficina que acontece com os professores da Baixada Norte (Santos, Guarujá, São Vicente, Cubatão e Bertioga), vai possibilitar uma “prosa” sobre a população da Baixada Santista, sua diversidade cultural e os usos múltiplos da água.

Para dar suporte metodológico as oficinas, foram convidados a Antropóloga Bianca Magdalena  que atua com pesquisas em diversidade cultural caiçara e partos naturais. Além de ter sido professora da Escola Técnica do MST em Itupeva e tem experiência em mobilização juvenil.

Outro oficineiro que vai compartilhar suas experiências é o Biólogo Marinho Felipe Zanusso, que atualmente é mestrando do Programa de Pós Graduação em Ciências Ambientais na USP e possui experiências com processos gestores participativos envolvendo comunidades tradicionais.

A oficina acontece no Centro de Atividades Integradas de Santos - CAIS ,  Rua 7 de setembro, 34, Vila Nova – Santos (Antigo Colégio Santista). As atividades se iniciam as 09hs com o término previsto paras às 17hs.

Confira os melhores momentos da oficina realizada na Baixada Sul no último final de semana: Click aqui

O projeto Rio do Nosso Bairro – Escolas Cuidando da Água têm financiamento do FEHIDRO – Fundo Estadual de Recursos Hídricos, parceria da Comissão de Educação e Divulgação do Comitê de Bacia Hidrográfica da Baixada Santista, das Prefeituras de Peruíbe e do Guarujá e apoio das Prefeituras de Itanhaém, Santos e Praia Grande.
Leia Mais ►
Read more...

Escola de surfe e educação ambiental ainda tem vagas

A Escola Ecosurfi de Surfe e Educação ambiental está com inscrições abertas para crianças e adolescentes a partir de 7 anos de idade. As atividades envolvem o aprendizado do surfe com foco na formação para a cidadania. Um trabalho de Educação Ambiental que tem como direcionamento o aumento da percepção e dos conhecimentos socioambientais dos jovens para a organização local pelo cuidado com as praias e zonas costeiras.

Toda a instrução e acompanhamento prático do surfe é feita por profissionais qualificados na área de Educação Física. Desta forma, as atividades são planejadas com alto rigor técnico e contam com avaliações periódicas dos alunos, para que seja observado o desenvolvimento muscular e motor dos alunos individualmente. Além disso os instrutores também são surfistas e, portanto, ensinam com conhecimento de causa.

Segundo o instrutor da Escola Ecosurfi, Rodrigo de Andrade, “a intensão é a formação de cidadãos, em que se procura, no espaço de tempo em que estas crianças poderiam estar na rua, oferecer a prática de um esporte e a participação em diversas atividades relacionadas ao meio ambiente”.

Além de surfar, os participantes da escola serão protagonistas de um processo de mapeamento participativo da praia, na qual identificarão aspectos históricos, ambientais, sociais, econômicos e culturais. Este diagnóstico será base para o planejamento de ações de melhorias nas praias do Sonho e dos Pescadores, implementadas com a participação dos próprios jovens.

Faça um jovem feliz

A Escola Ecosurfi é fruto de um convênio entre a Ecosurfi e a Prefeitura Municipal de Itanhaém – por meio da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes – que garante unicamente o salário dos instrutores por seis meses. Por isto, a Ecosurfi está aceitando doações financeiras ou de equipamentos e acessórios para qualificar e, sobretudo, dar continuidade aos trabalhos. Conforme explica a instrutora Francis Caroline, “estamos dando aulas principalmente para crianças que já têm prancha. Mas estamos buscando recursos para atender também o público mais carente”.

As aulas são gratuitas e acontecem de terças e quintas-feiras na Praia do Sonho, de manhã das 09h às 11h e de tarde das 14h às 16h. As vagas são limitadas a 30 alunos por período.

A Escola Ecosurfi tem o apoio da Prefeitura Municipal de Itanhaém, através da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes.

Maiores informações e inscrições: (13) 3426 8138 / 9751 0332 ou na sede da Ecosurfi, na Rua Maria Deolinda Assunção Salles, 80 – Jardim Mosteiro. O e-mail ecosurfi@ecosurfi.org está disponível também para quem quiser fazer doações e contribuições.
Leia Mais ►
Read more...

Video conta a história da Ecosurfi

Leia Mais ►
Read more...

Palestra sobre o Movimento Surfe Sustentável no palco das artes




Cerca de 30 pessoas participaram da apresentação da Aliança dos Surfistas pelo Meio Ambiente / Movimento Surfe Sustentável na Baixada Santista - SP



A palestra “Surfe nas ondas da sustentabilidade” que faz parte da fase de mobilização do Movimento Surfe Sustentável, apresentou os quatro eixos de atuação da proposta durante a I Mostra de Surf, Arte e Meio Ambiente que acontece desde o último mês na Praia Grande.

O público teve a oportunidade de conhecer o formato e a metodologia de articulação do Movimento, que traz a tona o conceito das responsabilidades humanas dos surfistas pelo cuidado com a área costeira articulando a Aliança dos Surfistas pelo Meio Ambiente.

Entre os temas abordados para o subsidio de informações ao público, também foi apontado o panorama socioambiental que o litoral paulista se encontra. Comparações por meio de imagens e dados técnicos permitiu aos participantes a visualização da amplitude dos desafios e conflitos que a área costeira vai enfrentar com a intensificação das mudanças climáticas globais, sobretudo o litoral paulista.  

Após as apresentações houve o sorteio de DVD’s e cartilhas cedidos pela campanha Oceanos do Greenpeace, que é um dos apoiadores do Movimento Surfe Sustentável.

A primeira fase de articulação Movimento conta com o apoio da Associação Ubatuba de Surf, Prefeitura Municipal de Ubatuba, Rede das Agendas 21 do Litoral Norte, Prefeitura de Ilha Comprida, SOS Mata Atlântica - Programa Costa Atlântica, Greenpeace – Campanha Oceanos, IBRASURF - Instituto Brasileiro de Desenvolvimento do Surf, Projeto Cine Surf, WWF – Brasil, I Mostra de Surf Arte e Meio Ambiente e o artista Erick Wilson.

São parceiros estratégicos do programa a Aliança por um mundo Responsável, Plural e Solidário e a Global Garbage.

Maiores informações sobre o Movimento acessem: www.surfsustentavel.org



Leia Mais ►
Read more...

Ecosurfi faz palestra sobre o movimento Surfe Sustentável nesse final de semana




Praia Grande / SP recebe no próximo sábado (07) palestra sobre o movimento que está encorajando parcerias para criação da Aliança dos Surfistas pelo Meio Ambiente

Palestra em Ubatuba (Arquivo)

Dentro da programação oficial da I Mostra de Surf Arte e Meio Ambiente que está acontecendo desde o último dia 23 de julho no Palácio das Artes em Praia Grande, a Ecosurfi vai realizar mais uma palestra que faz parte da etapa de mobilização do Movimento Surfe Sustentável, que a organização vem articulando no litoral paulista desde o ano passado.

O tema da apresentação vai debater a perspectiva do “Surfe nas Ondas da Sustentabilidade”, e abordará os quatro eixos de atuação do movimento: Protagonismo dos surfistas, surfe e gestão costeira, cultura surfe e consumo, surfe, juventude e meio ambiente.

Palestrante: João Malavolta - Gestor de Planejamento e Articulação Institucional - Ecosurfi
 

Local: Palácio das Artes
Horário: das 16h ás 17:30hs
Cidade: Praia Grande/SP
End.: Avenida Costa e Silva, 1.600 (em frente à Rotatória A Tribuna)

A participação na palestra é gratuita.

Programação I Mostra de Surf Arte e Meio Ambiente 

Para saber mais entre em contato:
Ecosurfi: (13) 3426 8138 / 9751 0332 / 8134 2742 ou pelo e-mail: surfsustentavel@ecosurfi.org

A primeira fase do movimento Surf Sustentável conta com o apoio: Associação Ubatuba de Surf, Prefeitura Municipal de Ubatuba, Rede das Agendas 21 do Litoral Norte, Prefeitura de Ilha Comprida, SOS Mata Atlântica - Programa Costa Atlântica, Greenpeace – Campanha Oceanos, IBRASURF - Instituto Brasileiro de Desenvolvimento do Surf, Projeto Cine Surf, WWF - Brasil e I Mostra de Surf Arte e Meio Ambiente.

São parceiros estratégicos do programa a Aliança por um mundo Responsável, Plural e Solidário e a Global Garbage.

Maiores informações: www.ecosurfi.org  www.surfsustentavel.org


Sobre o Movimento Surfe Sustentável


Através dos seminários e das palestras “Surfe nas ondas da sustentabilidade”, a Ecosurfi está percorrendo o litoral paulista para fomentar práticas pró-sustentabilidade entre os atores do esporte surf para a criação da Aliança dos Surfistas pelo Meio Ambiente.

A primeira edição dos Seminários foram realizadas na cidade de Ubatuba e Ilha Comprida e contou com a presença de surfistas amadores e profissionais, fabricantes de pranchas, juízes de surf, artistas e admiradores do esporte.

A proposta está sendo implementada para catalisar parcerias na comunidade do surf, desvelando ações práticas voltadas para a preservação e conservação da área costeira, por meio de um amplo processo de debates, que terá como o seu primeiro produto a construção da Carta de Responsabilidades dos Surfistas para Sociedades Sustentáveis.
Leia Mais ►
Read more...
Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget

Destaques

Ocorreu um erro neste gadget

  © Ecosurfi Desenvolvimento por Comunicação Ecosurfi Século XXI

Back to TOP