Surfistas engajados por justiça socioambiental

Ecosurfi representa a comunidade do surfe em Brasilia

Ecosurfi representa a comunidade do surfe em Brasilia Ecosurfi representa a comunidade do surfe em Brasilia

Noite do Surfe pelo Social em Itanhaém

Encontro tem como proposta reunir a comunidade do surfe

Encontro tem como proposta reunir a comunidade do surfe Encontro tem como proposta reunir a comunidade do surfe

Projeto faz diagnóstico de áreas potenciais para Ecoturismo

Levantamento aponta atrativos em Itanhaém/SP

Projeto faz diagnóstico de áreas potenciais para Ecoturismo Projeto faz diagnóstico de áreas potenciais para Ecoturismo

Ecosurfi encoraja surfistas a discutir Gestão Costeira

Comunidade do surfe cobra mais atenção com as praias

Comunidade do surfe cobra mais atenção com as praias Comunidade do surfe cobra mais atenção com as praias

Profissionais da Escola Ecosurfi passam por “reciclagem”

Curso de Formação e Atualização de Instrutores de Surfe

Curso de Formação e Atualização de Instrutores de Surfe Curso de Formação e Atualização de Instrutores de Surfe

Semana do Meio Ambiente debate surfe e sustentabilidade

O seminário vai debater o engajamento dos surfistas

O seminário vai debater o engajamento dos surfistas O seminário vai debater o engajamento dos surfistas

Ecosurfi “dropa” no Ibirapuera

Projetos que defendem a biodiversidade foram expostos

Projetos que defendem a biodiversidade foram expostos Projetos que defendem a biodiversidade foram expostos

Programa de voluntariado da Ecosurfi

Visa criar uma rede para o engajamento público

Visa criar uma rede para o engajamento público Visa criar uma rede para o engajamento público

Instrutores da Escola Ecosurfi recebem treinamento

O objetivo do projeto é ensinar técnicas para resgates no mar

Instrutores da Escola Ecosurfi recebem treinamento do Salva Surfe Instrutores da Escola Ecosurfi recebem treinamento do Salva Surfe

“Onde o mar encontra as pessoas” será lançado na Ecosurfi

Documentário traz o panorama das relações humanas com o mar

“Onde o mar encontra as pessoas” será lançado na Ecosurfi “Onde o mar encontra as pessoas” será lançado na Ecosurfi

Vitória contra o projeto Porto Brasil

Terra Indígena é demarcada e restingas são protegidas

Terra Indígena é demarcada e restingas são protegidas Terra Indígena é demarcada e restingas são protegidas

Viva Mata 2011 vai debater surfe e gestão costeira

Debate tem como foco discutir as zonas costeiras

Debate tem como foco discutir as zonas costeiras Debate tem como foco discutir as zonas costeiras

Ecosurfi atua na criação de área protegida em SP

Decreto oficializa a criação do mosaico de UC,s

Ecosurfi atua na criação de área protegida em SP

Participe !!!

Click no cartaz para ampliar a imagem

Leia Mais ►
Read more...

Ecosurfi faz "CARA FEIA" para a poluição nas praias


Com a participação de organizações e voluntários da Baixada Santista, a campanha Vamos Limpar o Mundo 2008 realizada pela ONG Ecosurfi em Itanhaém foi uma das maiores ações ambientais de engajamento público em defesa do litoral paulista.

Cerca de 250 participantes vindos de Santos, São Vicente, Praia Grande, Mongaguá e Peruíbe se uniram para realizar pelo oitavo ano consecutivo nas praias itanhaenses a campanha “Vamos Limpar o Mundo”.

Esse ano quem participou das ações teve o direito de fazer uma “cara feia” coletiva para a poluição no litoral. De braços dados os voluntários formaram uma imensa face lúdica para simbolizar a insatisfação do público com a contaminação dos ecossistemas costeiros por resíduos sólidos, que em sua maioria são constituídos de materiais derivados do petróleo (plástico), que demoram anos para se decompor no meio ambiente.

Após a performance da “cara feia” foi iniciada as atividades, que durante uma hora e meia percorreu cerca de 4 praias, 3 costões rochosos e algumas áreas de restingas, onde os voluntários recolheram aproximadamente 800 quilos de detritos de diversos tipos de materiais: vidro, metal, madeira pintada, plástico, isopor entre outros.

Ao término da campanha todos os voluntários receberam certificados de participação por terem contribuído com a limpeza do Planeta.

Agradecimentos especiais: Projeto Camará / São Vicente – ETE (Escola Técnica Estadual) / Itanhaém / Centro Paula Sousa – Projeto Lugar ao Sol – Com-Vida / Itanhaém / Escola Maria Amêndola – Bola de Neve / Programa Bola Beach – Projeto Recicl’Arte e os alunos e professores da Escola Harry Forssell.

A Campanha “Vamos Limpar o Mundo” 2008 em Itanhaém contou com o apoio:
Rotary / Rotaracty e Interacty – MEDI (Movimento Estudantil de Itanhaém) – Lojas Pernambucanas – Projeto Rio Itanhaém/Lixo Zero – Prefeitura Municipal de Itanhaém – ACAI (Associação Comercial e Agrícola de Itanhaém) – Sorveteria Lip´s – Tia Lena – Litoral Sul Águas – Watanabe Materiais para Construção – Lanchonete Veraneio III, além da coordenação estadual capitaneada pela ASSU (Associação Socioambiental Somos Ubatuba)
Galeria de Fotos:

Clipping:
http://www.itanhaem.sp.gov.br/noticias/materia_principal_b.htm
http://www.itanhaemonline.com/Noticias/00622.htm
http://ecobservatorio.blogspot.com/2008/09/covite-e-video-convite-da-campanha.html
http://turismo-itanhaem.blogspot.com/2008/09/programe-se-destaca-iha-do-mauricinho.html
http://sosriosdobrasil.blogspot.com/2008/09/limpando-nossas-guas-praias-e-oceano_18.html
http://www.rma.org.br/v3/action/newsletter/index.php?id=7665#anch7830
http://ag21litoralpaulista.blogspot.com/2008/09/ecosurfi-promove-campanha-vamos-limpar.html
http://com-vidaitanhaem.blogspot.com/2008/09/alunos-de-com-vidas-iro-participar-da.html
http://atribunadigital.globo.com/bn_conteudo.asp?cod=375448&opr=125
http://turismo-itanhaem.blogspot.com/2008/09/voluntrios-limpam-as-praias.html
http://tvtribuna.globo.com/videos/default.asp?idVideo=18188
http://www2.uol.com.br/jornalgazetadolitoral/materias/22-09-08/net008.html
Leia Mais ►
Read more...

Ecosurfi promove a campanha "Vamos Limpar o Mundo" nesse final de semana

Campanha em Itanhaém terá mutirões de limpeza para neutralizar os efeitos nocivos dos resíduos sólidos nos ecossistemas costeiros

Uma gama de ecossistemas como estuário, manguezal, rios, costões rochosos e praias compõem a área costeira de Itanhaém. Animais como o golfinho toninhas e as tartarugas gigante e de pente, classificados como espécies ameaçadas de extinção, além das gaivotas, do mergulhão e do martim-pescador, fazem parte da fauna da cidade. Todos esses ambientes sistematicamente recebem resíduos sólidos que prejudicam o meio e colocam todas essas vidas em risco e põem em xeque o equilíbrio natural. As tartarugas, por exemplo, comumente confundem sacos plásticos com águas marinhas, seu alimento predileto, e morrem asfixiadas. Isso sem falar nos problemas que o lixo no mar oferece também aos seres humanos.

Nesse sábado dia 20, a ONG Ecosurfi vai realizar na cidade uma mobilização que visa limpar as praias e reduzir o impacto causado pelos resíduos sólidos na área costeira do município. Trata-se da Campanha Clean Up The World / Vamos Limpar o Mundo – Dia Mundial de Limpeza em Rios e Praias, um dos maiores e mais efetivos programas destinado à limpeza do nosso planeta, que já envolveu 35 milhões de pessoas em 130 países. Com o apoio da Organização das Nações Unidas (ONU), através do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA), a campanha acontece sempre no terceiro sábado de setembro.

O forte desta campanha pelo mundo é a participação massiva dos voluntários. A estimativa é que em São Paulo, mais de 4.150 pessoas unam-se nesta mobilização global contra o lixo. De acordo com o coordenador da campanha no município, dirigente da Ecosurfi João Malavolta, em Itanhaém não é diferente. “No ano passado tivemos a participação de 300 pessoas, este ano estamos esperamos um numero ainda maior”, afirma.

Além dos voluntários aleatórios, alunos da escola da Rede Municipal de Ensino de Itanhaém vão participar das ações. Segundo o diretor de Educação Ambiental da Ecosurfi André Barbosa, a participação das crianças tende a fazer da Campanha mais uma instância com alto potencial educativo. “Sempre investimos muito na educação ambiental, sobretudo a não-formal, nessas campanhas educativas. Incentivar a participação da criançada é fazê-los colocar a mão na massa. Assim eles podem ver e tocar a realidade das nossas praias”, diz. Mas frisa que em alguns locais mais perigosos, como os costões rochosos e a Ilha das Cabras, as crianças não devem participar da limpeza. “Em alguns locais de risco vamos direcionar apenas as pessoas mais velhas”, arremata.

De qualquer forma, os voluntários contarão ainda com o suporte de primeiros socorros caso haja necessidade, que será oferecido voluntariamente pela enfermeira Harumi Watanabe. Antes do mutirão, a enfermeira fará palestra sobre doenças causadas nas populações que freqüentam as praias, bem como orientações para a prevenção de riscos naturais à saúde.

Este ano a campanha tem organização estadual promovida pela ASSU (Associação Socioambiental Somus Ubatuba) e será realizada em 15 municípios do Estado de São Paulo, sendo 13 litorâneos (Ubatuba, Caraguatatuba, Ilha Bela, São Sebastião, Bertioga, Guarujá, Santos, São Vicente, Itanhaém, Peruíbe, Cananéia, Ilha Comprida e Ilha do Cardoso) e dois interioranos (Dourado e Jundiaí). As organizações que coordenarão as ações são as Associações Somos Ubatuba (ASSU), Associação Cunhambebe, Associação Caiçara Juqueriquere (ACAJU), Instituto Peabiru, UNAERP, UNIMONTE, Grupo Ecológico Guaraú, (GREG), Instituto de Pesquisas Cananéia (IPEC), Movimento Rio Vivo e Instituto Bioma e Coati / Jundiaí.

Mutirões de despoluição
Dia 20 de setembro, a partir das 9h
Concentração: Praia do Sonho (em frente ao Bola de Neve)

09:00 – Cadastramento

09:30 – Primeira chamada pra entrega de camisetas
10:00 – Segunda chamada para entrega das camisetas
10:30 – Entrega das camisetas para os inscritos no dia do evento
11:00 – Saída dos mutirões
12:30 – Retorno dos Mutirões e distribuição dos certificados
13:00 – Seleção dos resíduos coletado

A campanha Vamos Limpar o Mundo esse ano em Itanhaém conta com o apoio da Secretária de Habitação e Meio Ambiente, Secretária de Educação, Cultura e Esportes da prefeitura municipal, Movimento Estudantil de Itanhaém (MEDI), Lojas Pernambucanas, Rotary Clube e ACAI (Associação Comercial e Agrícola / Itanhaém).

Para saber maiores informações ligue, (13) 9751 0332 ou pelo site: http://www.ecosurfi.blogspot.com/

Video-convite

Leia Mais ►
Read more...

Convite: Vamos Limpar o Mundo 2008


Leia Mais ►
Read more...

Juventude e Experiência

A 4º rodada dos Diálogos Socioambientais da campanha “Meu Voto Preserva” vem despertando a atenção dos jovens da cidade de Itanhaém quando o assunto é a política municipal.

Com a participação efetiva da comunidade para dialogar sobre os assuntos que fazem parte do cotidiano da população, e com a adesão dos principais expoentes políticos da cidade, a cada reunião da campanha o sentido pleno do senso de como é e a maneira correta de tomar parte dos processos democráticos, vem renovando ideologias e formando pontos de vistas dos participantes dos Diálogos Socioambientais da Ecosurfi.

Pelo fim do voto secreto




Hugo Di Lallo está entre os candidatos mais jovens a tentar ser eleito no próximo dia 05 de outubro a uma cadeira na Câmara Municipal de Itanhaém. Com seus 28 anos e com uma experiência de pelo menos 04 anos como assessor do atual vereador e candidato do mesmo partido a prefeito pelo PSB Marcelo Strama, Di Lallo se sente preparado para ocupar um lugar como legislador municipal nos próximos anos.

“Meu projeto é estar vereador no ano que vem para propor melhorias no que já está pronto, corrigir falhas e avançar para uma política mais transparente na cidade’”. Além de enfatizar que existe um conchavo político na cidade durante sua fala, o postulante acredita que a câmara municipal hoje esta viciada. “Com toda certeza temos que ter no mínimo boa vontade para fazer as coisas caminharem, para ao menos satisfazer parte das necessidades da nossa população, e hoje isso por lá não existe”.

Para concluir a sua participação Di Lallo defende que para a cidade se desenvolver economicamente o comércio deve ser mais incentivado. “Estruturar um melhor planejamento para o comerciante local buscando capacitar à mão de obra e qualificar constantemente os empregadores’, conclui o candidato”.

Humor com política séria



Provavelmente deve ter sido a reunião mais bem humorada dos Diálogos Socioambientais da campanha “Meu Voto Preserva”, onde o candidato do PSDB, Bezerra do Judô, conversou de forma descontraída e com um alto tom de humor.

Contando com essa são cinco tentativas a uma cadeira na Câmara Municipal e cerca de 2 anos e 8 meses como suplente no montante geral de tempo que teve a oportunidade de ocupar a vaga de outros vereadores na qualidade de substituto. Em 2005 teve a chance de ficar 6 meses como vereador e de maneira descontraída afirma: “Suplente de vereador é que nem amante, só fica sabendo depois”, declara se referindo a atual vereança itanhaense. “Quando ganham à eleição eles não saem do pé do prefeito pedindo coisas”, ressalta Bezerra que tem 27 anos de vida pública no município.

Se auto-reconhecendo não ser um estudioso das questões sobre a área ambiental, mas garantindo que sempre que acionado estará de pronto apoio para encaminhar reivindicações, o atual suplente reforça, “Posso representar muitos projetos que me encaminharem, e para isso sempre vou contar com apoio de técnicos dessa área”.

Entre seus desafios e trabalhos realizados, está quase uma vida inteira dedicada a arte marcial do Judô. Com um centro de treinamento que além de formar campeões forma cidadãos, Bezerra já passou muitas dificuldades, mas nunca abandonou seu trabalho pelo esporte. “Passei fome no Uruguai no último campeonato Sul Americano, mas a minha atleta trouxe a medalha de ouro”.

Um dos pontos de destaque da explanação foi quando falou sobre as associações de bairro. “Os bairros que possuem associações fortes são os melhores estruturados, já os que não possuem lideranças ficam com o básico”, e reforça dizendo, “quero que todos os bairros de Itanhaém se organizem para ajudar a mudar para melhor a cidade”.

Sobre o perfil dos políticos que hoje ocupam o legislativo da cidade, Bezerra ataca. “Eu estou saindo candidato porque vejo muita coisa errada e tenho convicção que posso mudar isso, porque, trabalho bom permanece e o ruim ou acaba ou é remodelado”.

E concluindo as suas 2 horas de diálogos o faixa preta de Judô explica como será a sua maneira de atender e trabalhar com o público. “O humilde senta e conversa e o engravatado marca o dia”.
Leia Mais ►
Read more...

A vez das mulheres

A 3º rodada dos Diálogos Sociombientais da campanha “Meu Voto Preserva!” em Itanhaém contou com a presença das candidatas Josiane Caetano PPS que concorre ao executivo municipal e a da vereadora Profª Regina do PT que tenta a re-eleição no legislativo da cidade.

Administração que preze o ser Humano


Com a proposta de uma administração pública mais “humana”, a ex-vereadora e candidata à prefeita pelo PSB, Josiane Caetano, mostrou todo o seu empenho para o fortalecimento dos espaços de participação pública no município.

Através da experiência construída em fóruns de discussões como comitês, conselhos, associações entre outros, a candidata reforça que a participação da população na busca de soluções para os seus próprios problemas deve ser fomentada e estimulada por qualquer governo para tornar os cidadãos pró-ativos. “Hoje o município necessita de diálogo e organização entre o povo e seus lideres comunitários e o poder executivo para um melhor planejamento urbano”.

Outro ponto abordado pela candidata é a falta de sinergia entre as secretarias municipais que pouco se comunicam e provocam uma desorganização administrativa. ”Todas as secretarias devem se integrar. Eu vejo as secretarias como mini-prefeituras, elas precisam se comunicar”.

E falando sobre a questão ambiental, a candidata se mostrou ciente dos problemas que a cidade e a região enfrenta. Quando questionada sobre o que é mais importante para o município – Aeroporto ou o projeto virtual Porto Brasil, Josiane não titubeou. “Estou consciente que este porto não é a salvação, temos que planejar o uso do solo no município e o aeroporto nós já possuímos”.

Para terminar a sua fala, Josiane vê no turismo a saída para o desenvolvimento socioeconômico na cidade. “Para o nosso turismo crescer é preciso técnicos capacitados”, e fechando a sua participação disse: “O Meio Ambiente é tudo. É onde vivemos, é o tempo todo. E são as pequenas atitudes que vão gerar a diferença”, concluiu.

Compromisso com a população

Com propostas que se transformaram em leis e muitos requerimentos encaminhados à mesa da câmara no mandato que se iniciou em 2005, Profª Regina se mostrou comprometida e empenhada na busca de soluções para os problemas que afetam a vida da população Itanhaense.

Entre seus encaminhamentos estavam questões sobre o processo do fórum municipal da Agenda 21, estudos do enroncamento da barra do Rio Itanhaém, levantamento sobre a condição em que se encontram os passivos ambientais do Rhodia no município entre outros.

“Tenho algumas lutas desde o início do mandado, tudo o que faço é pela sustentabilidade e o meu compromisso é com a população”, enfatiza Regina ao concluir a sua explanação.

Frente a um dos principais problemas da Baixada Santista e em especial em Itanhaém, a questão das áreas verdes foi um tema muito ressaltado pela candidata. “Precisamos buscar alternativas para resolver esse problema, uma das soluções pode ser a transferência das famílias para moradias mais dignas”.

Para fechar a sua participação nos Diálogos Socioambientais da campanha “Meu Voto Preserva” a candidata enalteceu a isenção da entidade por meio das reuniões, onde a população itanhaense está tendo a oportunidade de conhecer as propostas dos postulantes ao legislativo e ao executivo municipal e assinou o termo de compromisso feito pela oraganização que entre as propostas está à questão que trata do voto aberto nas sessões da câmara.
Leia Mais ►
Read more...

Participe: Vamos Limpar o Mundo 2008

Leia Mais ►
Read more...
Related Posts with Thumbnails
Ocorreu um erro neste gadget

Destaques

Ocorreu um erro neste gadget

  © Ecosurfi Desenvolvimento por Comunicação Ecosurfi Século XXI

Back to TOP